expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

#Filmes - Moulin Rouge


#Filmes - Moulin Rouge

Sinopse

Christian é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta o seu pai para poder mudar-se para o bairro boémio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec, que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine, a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge.

Opinião

Eis que venho falar do último filme que vi em 2019 e que está longe de ser uma novidade. Na verdade, já tinha visto algumas partes, embora nunca o tenha visto do princípio ao fim, como agora fiz. É até uma vergonha que tenha esperado tanto tempo, tendo em conta que estamos a falar dum filme de 2001. Mas antes tarde que nunca, não é verdade?

Primeiro que tudo, sei que estamos perante um musical, mas a banda sonora deste filme é incrível. A forma como coloca as melhores canções de amor, mesmo as que oficialmente seriam escritas anos depois da data em que se passam os acontecimentos desta história, é apenas brilhante. Encaixam de forma perfeita no filme e criam momentos musicais de uma beleza inacreditável.

Podes ver também a minha opinião sobre La La Land

Em seguida, temos de conversar sobre o lindo par de protagonistas. Nicole Kidman está linda de morrer e a cantar muito, num papel que marcou claramente a sua carreira. Já o Ewan McGregor, além de bonito e talentoso, faz um brilharete com este Christian, tão ingénuo e crédulo nos poderes do amor. Fazem uma dupla com muita química e que até nos fazem esquecer que estamos perante uma história de ficção.

#Filmes - Moulin Rouge

Os cenários também são espectaculares e todo o ambiente criado nos dá uma vontade imensa de entrar na máquina do tempo e poder viver os anos de glória do icónico Moulin Rouge. Os momentos cómicos e dramáticos sucedem-se a todo o momento o que imprime um ritmo frenético à narrativa e nos deixa sempre presos ao filme e ao destino das personagens.

Podes ver ainda a minha opinião sobre Rocketman

Apesar do filme ter quase vinte anos e o risco de spoilers ser mais reduzido, não quero mesmo falar do final que, apesar de marcante, é muito triste e deixa a todos que viram com um sabor amargo e uma relação ambígua com esta história de amor. Quem viu Moulin Rouge? O que achaste do final? Conta-me tudo nos comentários! 


4 comentários:

  1. Adorei este filme apesar da tristeza!!! A banda sonora é mesmo mas mesmo brutal!!!

    ResponderEliminar
  2. É dos meus musicais preferidos! Adoro a história e a banda sonora é simplesmente fantástica. Já para não falar no elenco que se encaixa na perfeição!

    Beijinhos,
    Dicolored Winter

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, se não é perfeito, roça de muito perto a perfeição cinematográfica :)
      Beijinhos*

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!