expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Resoluções para o Ano Novo - 2018



Nem consigo acreditar que tenho estado tanto tempo sem escrever! A verdade é que o meu problema, também conhecido como "Internet de Merda", ainda não está resolvido nem tenho data prevista para a tão ansiada resolução. Só que a pessoa está a comemorar mais um aniversário, época em que, até mais do que na virada do novo ano, se dedica a pensar na vida, fazer balanços e estabelecer novos objectivos ou voltar a colocar em cima da mesa os velhos. 

Além de que estava com umas saudades imensas de voltar a este lugar que tão feliz me faz. Portanto, depois de analisar as metas que estabeleci para 2017 e fazer o necessário balanço, chegou o momento de colocar por escrito e de forma pública as minhas resoluções para 2018 e para os meus 32 anos. Ainda estás desse lado para me ler e descobrir os meus planos para fazer de 2018 um ano inesquecível? 

10 Resoluções para 2018

1. Continuar a coleccionar bons momentos com família e amigos.

2. Fazer, finalmente, a viagem para fora de portas. E em Portugal também pode sair qualquer coisa. Chegaremos a Leiria?? 

3. Investir mais na qualidade e conforto da minha casa. 

4. Ainda assim, pretendo trabalhar a poupança e chegar ao final do ano com 1000€ guardados e intocáveis. 

5. Aprender algo de novo, pelo menos, a cada mês. O que significa que terei, em 2019, doze novos conhecimentos e/ou competências.

6. Pedir o máximo de facturas com número de contribuinte para conseguir receber o máximo no próximo IRS.

7. Trocar de óculos e comprar lentes de contacto para o Verão. 

8. Atingir os 600 seguidores aqui no estaminé. 

9. Continuar a aumentar os seguidores nas redes sociais e aumentar a minha presença no Pinterest e, consequentemente, receber mais visitas através dessa plataforma. 

10. Depois de resolver o meu dito problema, pretendo regressar em força à minha Newsletter com conteúdos semanais. 

O que pensas das minhas resoluções para 2018? Quais são as tuas? 

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Vencedores dos Passatempos de Natal



Quero começar por fazer o elogio aos melhores seguidores do mundo que são os meus. A paciência que têm demonstrado durante esta (demasiado) longa espera pelos resultados dos passatempos de Natal. Quero acreditar que se trata também de uma prova de confiança, que muito feliz me deixa. 

Ainda antes de anunciar os vencedores, tenho de agradecer aos parceiros que me permitiram presentear alguns dos meus adorados seguidores com presentes fantásticos! Gostaria de poder oferecer um presente a cada um, mas na impossibilidade de isso acontecer, sempre me satisfaz um pouco partilhar as alegrias e os presentes com uns quantos. 

Preciso também pedir desculpa pela minha ausência dos últimos tempos, sem a regularidade habitual. Na verdade, o problema continua a ser a minha Internet que tocou em níveis inacreditáveis de mau funcionamento. Como tal, estou a tratar de resolver este problema antes que dê em louca, de forma a poder regressar em plena força e dedicar-me a todos os posts que tenho programados para os próximos tempos. 

Agora, não te faço sofrer mais! Os vencedores dos passatempos de Natal são:

Inês Antunes de Caires, do Entroncamento 

Ana Vieira, de Santiago do Cacém

Ana Dias, de Lisboa

Madalena Almeida, de Guimarães

Liliana Carvalho, de Leiria

Joana Pa, de Vila Real

Tendo em conta esta situação problemática da minha Internet, caso vejas os resultados antes de receberes o meu contacto, podes e deves enviar-me um e-mail com os teus dados de envio de forma a poderes receber o teu prémio o quanto antes. Caso contrário, conto enviar os e-mails para os vencedores logo à noite e terás 48 horas para responder ao mesmo para reclamares o teu prémio. 

Obrigada a todos e até breve!!! 

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Best of 2017



Tal como aconteceu no ano passado, quando decidi agregar os melhores posts de 2016, este ano não poderia faltar a retrospectiva do que mais vos agradou em 2017. Por isso, decidi voltar a olhar para tudo o que foi publicado ao longo de 2017 e analisar os mais vistos, comentados e partilhados por ti, que aqui vens dar o ar da tua graça. Tudo a postos para esta viagem pelo best of de 2017?



Encontraste aqui o teu post favorito? Qual seria o teu eleito entre todos?



quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Balanço de 2017



Estava difícil regressar a estas andanças, pois o final do ano que se findou foi bem complexo. Em Dezembro os dias sucederam-se e muitas noites nem as vi passar. Foi muito jantar, muita noitada, muito convívio com os amigos. Para culminar esta equação, a minha Internet decidiu tirar as férias que eu não posso tirar e sempre que tinha arrumado a agenda para adiantar trabalho ficava agarrada sem conseguir grandes avanços. 

Contudo, o objectivo deste post não é falar apenas do agitado mês de Dezembro, mas sim olhar para as metas de 2017 e perceber se a coisa correu bem ou nem por isso. Para quem chegou mais recentemente ou simplesmente andou distraído, no início do ano passado, dividi as minhas metas em três partes: pessoais, profissionais e as metas para o blog. Para cada campo, destaquei os três principais objectivos e agora vamos lá analisar e perceber até que ponto 2017 foi um bom ano. 

Metas Pessoais

Quanto à diversão, 2017 foi um ano e tanto! Era o meu primeiro objectivo, passar tempo de qualidade com amigos e família, e foi inteiramente cumprido. Sem esquecer, o tempo que gosto de passar sozinha e do qual não gosto de abdicar com frequência. Passei férias com o senhor meu pai, revi velhos amigos a Sul, fui passar um fim de semana à capital para ver o concerto de Ivete Sangalo, muitos jantares e até almoços com os amigos de sempre.

O amor, de facto, não veio e está tudo bem porque também não o pedi. No campo das amizades coloridas, não me posso queixar, mas continuo à espera de me apaixonar, só para recordar-me como é sentir borboletas na barriga. 

O último ponto foi onde mais falhei. Até passeei em Portugal, mas não foi possível fazer a viagem que tanto tinha vontade. Foi sendo adiada e acabou por não se realizar em 2017. Será em 2018? 

Metas Profissionais

Se há um ano estava a começar o meu novo emprego e tinha tudo para aprender, este ano a coisa está muito melhor resolvida, muito embora, ainda tenho uma imensidão de coisas que me falta dominar. Aliás, deve ser mesmo por isso que gosto tanto do que faço, pelo menos em 90% dos dias de trabalho. Foi um desafio cumprido e que continua a pagar-me as contas e a permitir que tenha aumentado a minha qualidade de vida. 

Ai, a poupança... Ainda não foi desta que consolidei o meu pé de meia, aquele que todos devemos ter para uma eventualidade. Até comecei bem, pois cheguei a criar uma poupança paralela à minha conta à ordem, para onde enviava uma quantia assim que recebia o ordenado. Só que, entretanto, fui usando esse dinheiro e o que deveria continuar a colocar lá para investir em determinadas coisas que tanta falta faziam cá em casa. Comprei uma cama e colchão novos, um novo sofá, guarda-vestidos, ar condicionado. Ou seja, aquilo que deveria ter poupado não se perdeu, pois sei exactamente onde está. 

Já o meu negócio encontra-se tão distante como no ano passado. Como podes imaginar, com tanta  dedicação a trabalho e diversão, sem esquecer o tempo que dedico ao blog, restou muito pouco para tratar de obter mais informações a respeito da possibilidade de criar o meu negócio. Já para não falar de que, infelizmente, não é algo verdadeiramente fácil de investigar pois existem poucas pessoas que dominem o assunto e partilhem esse conhecimento em troca de nada. 

Metas para o Blog

O objectivo dos 400 seguidores foi cumprido em Dezembro, mesmo a tempo do final do ano; a média de publicações semanais ainda não se encontra nos cinco, como gostaria, mas estamos acima dos três, o que está dentro dos meus propósitos. E os passatempos?? Foi com muita alegria que vi chegarem novos parceiros e consolidei algumas parcerias mais antigas e te proporcionei alguns prémios de me fazer inveja a mim mesma. 

Quanto às redes sociais, parece que me portei moderadamente bem. Mantive, com algum sucesso, a minha presença no Facebook, no Twitter e no Pinterest, onde conquistei novos seguidores ao longo de 2017. O que correu menos bem foi a minha tentativa de instaurar uma Newsletter semanal. A coisa até começou bem, mas depois o tempo e a Internet (once again) passou-me a perna e acabou por ficar um pouco ao abandono. 

A parte em que queria aprender algo novo, pelo menos uma vez por mês, não terá sido brilhante. Sei que assisti a alguns vídeos e li bastantes artigos interessantes sobre o MailChimp, plataforma através da qual envio a Newsletter, sobre a importância do Pinterest para o crescimento do blog, entre outros temas de relevância para me tornar cada vez melhor. Inclusivamente, coloquei em prática algumas das coisas que aprendi. No entanto, tenho de admitir que não terá sido numa base mensal. Mas antes pouco do que nada, não é mesmo?

Em suma, não conquistei tudo o que pretendia, mas 2017 foi um ano que me trouxe muitas coisas boas, momentos especiais e histórias para lembrar com saudade. Resta-me desejar que 2018 seja um ano ainda melhor, se possível for, e começar a ponderar nas metas que quero estabelecer. O que significa que, em breve, aqui venho deixar o meu compromisso para que daqui por um ano me estejas a cobrar, pode ser?