expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 10 de julho de 2018

#Livros - A Senhora dos Rios, de Philippa Gregory


primeiro livro da guerra dos primos

Sinopse

Jacquetta é casada com o Duque de Bedford, regente inglês da França, que lhe dá a conhecer um mundo misterioso de conhecimento e de alquimia. O único amigo de Jacquetta é o escudeiro do duque, Ricardo Woodville, que está a seu lado quando a morte do duque faz dela uma viúva jovem e rica. Os dois tornam-se amantes e casam em segredo, regressando à Inglaterra para servir na corte do jovem monarca Henrique VI, onde Jacquetta vem a ser uma amiga próxima e leal da sua nova rainha.

Depressa os Wooville conquistam uma posição no núcleo da corte de Lencastre, apesar de Jacquetta pressentir a crescente ameaça vinda do povo da Inglaterra e o perigo de rivais pretendentes ao trono. Mas nem  a coragem e a lealdade dos Woodville bastam para manter no trono a Casa de Lencastre. Jacquetta luta pelo seu rei, pela sua rainha e pela sua filha Isabel, para quem prevê um futuro extraordinário e surpreendente: uma mudança de destino, o trono da Inglaterra e a rosa branca de Iorque. 

Opinião

Este, cronologicamente, é considerado o primeiro volume da colecção Guerra dos Primos, de Philippa Gregory, onde ficamos a conhecer o turbulento reinado de Henrique VI e todas as personagens históricas que povoaram essa época. O relato é feito na primeira pessoa, por Jacquetta, uma mulher com um forte lado místico, mas que, sensatamente, conhece e reconhece os perigos para as mulheres com qualquer tipo de poder que os homens não compreendam.

O enredo começa com a protagonista, nos seus tenros 14 anos, ao lado de uma figura universal, Joana d'Arc. A Donzela já não se encontra ao comando do seu exército e ao serviço do seu rei francês. Foi capturada, humilhada e prestes a ser julgada por todos os crimes, que se resumiam no facto de ter sido uma mulher que almejou ser capaz de comandar homens, em vez de ser comandada. Uma lição que lhe serviu para a vida e levou consigo por todos os caminhos que trilhou.

Depois dessa importante lição, seguiu-se o seu primeiro casamento que foi ele próprio um grande ensinamento. Não de amor, mas do aprofundar do seu dom e da busca do conhecimento. Uma paixão que também irá alimentar ao longo da sua vida. A posição privilegiada que ganha com este casamento também contribuí para o lugar de destaque que aprende a apreciar e a cultivar, não por vaidade ou interesse pessoal, mas como veículo para colocar os seus inúmeros filhos nas melhores posições.

Este livro destaca-se um pouco dos outros que li até ao momento desta autora por não ter como protagonista uma clara figura histórica, perfeitamente reconhecida e com um papel claro na História. Apesar de ter estado rodeada por inúmeras pessoas importantes, nunca foi explorado o seu real papel nos acontecimentos, existindo rumores e poucas referências sobre Jacquetta. Em A Senhora dos Rios e através da pesquisa e da imaginação de Gregory, ficamos a conhecer esta mulher misteriosa e ambiciosa.

Uma mulher cujo caminho se cruzou com o de Joana d'Arc, Henrique VI, Margarida de Anjou, Ricardo de Iorque, Eduardo IV, entre tantos outros personagens históricos e que conseguiu colocar uma filha como rainha consorte de Inglaterra, só pode ter sido uma mulher muito especial e determinada.

Para quem quer seguir a ordem cronológica dos acontecimentos, este deverá ser o primeiro livro a ler, referente à Guerra dos Primos. Pela minha parte, fiquei rendida a esta história e mal posso esperar para me agarrar ao próximo, A Rainha Branca, que já se encontra à espera na minha mesa de cabeceira. Quanto a ti, se gostas de romances históricos, este é o livro certo para te iniciares nesta autora!

"Todos decidiram que ela é uma bruxa, marcada para arder na fogueira. Mais uma vez, vejo os homens mais poderosos do reino exercerem o seu poder sobre uma mulher que não fez nada de grave, salvo viver segundo o ritmo do seu próprio coração, ver pelos seus próprios olhos; mas esse não é o andamento nem a visão deles, e eles não conseguem tolerar qualquer outro."

Podes encomendar A Senhora dos Rios na Wook, com 10% de desconto em cartão e portes grátis ou, na versão inglesa, na Book Depository, com 11% de desconto imediato e portes grátis para todo o mundo.

Outros livros de Philippa Gregory com opinião publicada no blog:


Duas Irmãs, Um Rei
A Herança Bolena
O Amante da Rainha

4 comentários:

  1. Este foi o terceiro livro que li da série, preferia ter lido antes do 'Rainha Branca' e 'Rainha Vermelha', mas a história não se estraga :) Gostei muito, mesmo nao sendo de uma personagem impactante da História, como disseste, mas gostei de acompanhar a Jaquetta. Agora tenho de comprar os próximos livros da série dos Tudor :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, por acaso, estou a seguir a ordem cronológica e estou a adorar a saga. É fascinante como tudo está interligado e o curso da História está recheado de mulheres interessantes e fascinantes.
      Já li alguns da série dos Tudor e são igualmente bons. Tenho a certeza que vais adorar ;)

      Eliminar
    2. Eu pensava que a ordem de publicação era a ordem cronológica certa, só depois me fui apercebendo de que estava errada :b A seguir estou a pensar comprar o 'A Filha do Conspirador' :)

      Eliminar
    3. Já tenho esse cá em casa mas ainda não chegou a vez dele, embora esteja muito curiosa :)

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!