expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Pokémon Go - A Loucura



Este é o assunto do momento. Para onde quer que me vire, só vejo pessoas a falar de Pokémon Go, a jogar Pokémon Go, a criticar fortemente quem joga Pokémon Go, a organizar eventos para caçar Pokémons. Ufa, já não se aguenta. 

Não me confundam com os heaters, que não perco tempo a odiar um jogo e, ainda menos, quem joga e se diverte com isso. Acredito e defendo que todos temos direito a fazer o que mais gostamos, sem ser sujeitos a julgamentos alheios, quando o que gostamos não afecta ou prejudica a vida de outros. 

No entanto, também admito que não me converti ao fenómeno. Já na época em que estes bonequinhos começaram a aparecer na televisão, não lhes achava especial piada. Hoje, o sentimento mantém-se. Não é algo que me chame a atenção. Na verdade, não fosse esta inquietação toda em torno do assunto, não teria perdido muito tempo a pensar em Pokémons. Ainda menos a escrever sobre os mesmos. 

Contudo, para qualquer lado que me vire, lá estão eles. O Facebook está inundado de posts sobre o jogo. As pessoas só falam disso, seja porque jogam e querem nos converter, seja porque estão ocupadas a criar novas piadas sobre os viciados que, segundo o que se diz por aí, correm o risco de virarem cornudos ou solteiros para toda a vida, ao ponto de se esquecerem do que a palavra sexo significa.

Acho incrível a forma como as pessoas se revoltam contra um jogo, como se de uma ameaça terrorista se tratasse. O que me incomoda a mim que um grupo, cada vez maior, de pessoas se divirta a caçar Pokémons e a treiná-los? Nada. Se acho que poderiam estar a fazer algo mais interessante, como por exemplo a trabalharem para serem mais inteligentes? Claro! Mas isso continua a ser um problema dessas pessoas, não meu.

Durante o tempo que perdem a criticar os amantes do jogo, estas outras pessoas, também poderiam estar a fazer algo mais construtivo. Algo que lhes dê prazer. Algo que seja do seu interesse. É normal termos uma opinião sobre as coisas, seja essa opinião positiva ou negativa. O que não é normal é sentir que temos de evangelizar o mundo e convencer os menos iluminados de que o jogo é fantástico ou que o jogo é uma merda.

Porquê perder tempo a falar sobre algo que não nos interessa? Será que esta malta não tem assuntos melhores sobre os quais discorrer os seus sábios pensamentos? Pela parte que me toca, já agradecia uma mudança de tema que isto do Pokémon Go já me aborrece um bocado.

Já agora, será que temos fãs do jogo por aqui? Ou são dos que não suportam? Contem-me tudo para encerrarmos devidamente o assunto. 

4 comentários:

  1. Sou das q não suporta :P atenção, partilho da tua opinião... não me incomoda que joguem ou que gostem do jogo. Mas tenho o direito de achar parvo e de já estar enjoada com isso. É que já deito pokemons pelos olhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas já reparaste que são os que não gostam que falam mais do jogo? Pelo menos, no meu feed no Facebook tem sido assim... lol

      Eliminar
    2. Pois é. Por tudo se faz piadas e ataques aos jogadores de pokemon. Mas na rua vejo muitos :P

      Eliminar
    3. É mesmo isso. Ninguém gosta nas redes sociais e na rua todos jogam.

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!