expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Globos de Ouro 2017 - De mal a pior



Esta coisa dos Globos de Ouro já se tornou numa tradição por estas paragens. Gosto sempre de ver os trapinhos que as grandes celebridades do cinema e da televisão elegem para uma ocasião tão especial. É uma antevisão do que podemos ver quando chegarem os Óscares, outra cerimónia que muito aprecio. 

Como tal, este ano não poderia ser excepção, e cá estou eu para dar o ar da minha graça. Não, como gostaria, de corpo presente que ainda não fui convidada para uma coisa destas, mas para eleger alguns vestidos para colocar aqui. E se no ano passado estava em estado de graça, este ano devo estar muito mal de humores. Isso ou as escolhas são verdadeiramente más. 

Do que me foi dado a ver, não consegui vislumbrar assim nada que me saltasse à vista. Nada que me fizesse suspirar e me desse ganas de cortar um dedo pelo vestido a viver, feliz para sempre, no meu armário. Tudo uma miséria, sem graça. Resumindo, a sensação que me dá é que isto vai mesmo de mal a pior. 

Agora chega de conversa fiada que o que a malta quer é ver os vestidos que me deixaram com os olhos em bico, e não pelas melhores razões. Pois que venham eles!

Claire Foy
em Erdem
Não sei o que é mais pálido, o vestido ou a moça

Felicity Jones
em Gucci
A felicidade ficou-se pelo nome da menina...

Janelle Monae
em Armani Privé

Kerry Washington
em Dolce & Gabbana
Estes vestidos pelo tornozelo dão-me sempre a sensação de que o tecido acabou e não foi possível terminar o resto do vestido

Lily Collins
em Zuhair Murad Couture
Penso que alguma princesa da Disney haveria de gostar desta escolha

Michelle Williams
em Louis Vuitton
Alguém se esqueceu do sal...

Monica Belluci
A verdadeira viúva negra

Natalie Portman
em Prada
Quem encomendou um ovo estrelado?

Nicole Kidman
em Alexander McQueen
Por esta não estava à espera... O que aconteceu, Nicole??

Riley Keough
em Chanel
Até me dói os olhos de olhar para este efeito visual

Ruth Negga
em Louis Vuitton
Onde terá deixado a nave espacial?

Sienna Miller
em Michael Kors
Quer me parecer já ter visto 25842 versões deste mesmo modelo

Mas, afinal, nem tudo foi mau. Houve algumas que até se safaram e fizeram escolhas moderadamente acertadas. No entanto, o último vestido que vou partilhar não é um caso de perfeição ou de paixão. Mas uma afirmação que mostra o quanto a moda é feita por cada uma de nós. Porque existem mulheres que criam o seu estilo e tornam muito seu tudo o que vestem. É o caso de Sarah Jessica Parker, a eterna Carrie Bradshaw, que elegeu um vestido de noiva de Vera Wang para esta gala dos Globos de Ouro. Uma escolha improvável que na sua pele faz todo o sentido.


Fotos retiradas da Vogue Portugal

Vê os vestidos que escolhi nos anos anteriores:

Sem comentários:

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!