expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Fotos... muitas fotos


É verdade que gosto de moda. Gosto de trapinhos e acessórios e de ver combinações arrojadas ou apostas seguras. Por isso me perco, por vezes, em lojas online e vou imaginando as peças que vou querer no meu armário no decorrer da estação.
E esta onda de blogs dedicados ao tema são uma excelente fonte de inspiração. Dá para ver, muitas vezes, a aplicação das tendências que vemos nas passerelles no dia a dia em pessoas comuns. Como nós. Que vão trabalhar. Que têm almoços/jantares de trabalho. Ou de amigos. Gente com vida própria quando nem sempre é assim tão óbvia a escolha quanto ao look ideal.
Gosto de ver interpretações diferentes da minha. De ver ideias novas. De imaginar o que posso fazer com o que habita no meu armário. E para isso as fotos são cruciais.

Agora a questão é que, a meu ver, mil e duzentas fotos de roupa e afins não são argumentos suficientes para me ligar de forma fiel a um blog. Seja ele famoso ou não. Conceituado ou por descobrir. Se pretendesse ver fotos apenas abriria uma conta no Instagram. A minha ideia de blog - que não tem de ser consensual, é apenas a minha opinião - tem de incluir palavras. E, de preferência, com qualidade de escrita e com verdade, emoção.

Sim, é giro ver uns looks cheios de fotos bonitas. Mas é bom saber que essa pessoa tem algo que desperte o interesse para além da imagem exterior. Porque será esse algo mais que irá prender a atenção das pessoas. Pelo menos, é isso que fideliza pessoas como eu a um determinado blog.

Sem comentários:

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!