expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

#Livros - O Caminho para Avignon, de Lisa T. Bergren



Sinopse
Num thriller de cortar a respiração, A Carta Proibida, Lisa T. Bergren encetou uma clássica e fantástica batalha entre o bem e o mal, prosseguida em O Mapa de Vidro, e que termina agora no mais provocador capítulo da abençoada e poderosa missão dos Dotados...

A irmandade dos Dotados é composta por treze pessoas - cada uma possuindo o seu propósito divino e dom espiritual, cada uma servindo como catalisador para uma guerra trecentista travada entre a luz e as trevas. Entre eles, encontram-se Gianni de Capezzana e Daria d'Angelo, perseguindo novos objectivos: enfrentar a Igreja - evitando a morte na fogueira - e descobrir o último dos Dotados da profecia, assim como Hasani, o seu vidente, raptado em Veneza. Sem as visões de Hasani, Gianni e Daria enfrentam às cegas um futuro incerto - perseguidos pelo inimigo e restando-lhes, como santuário, um único recurso. 

Nesta perigosa e imprevisível região, os senhores de Les Baux ofereceram-lhes a protecção da sua fortaleza. Uma vez atrás dos muros do assombroso Castelo Les Baux, Gianni e Daria encontram um breve momento de alívio e um amor duradouro. Contudo, são continuamente incitados a avançar, arriscando a captura pelo inimigo que os persegue. O seu inimigo é temível - prometendo que os Dotados hão-de conhecer a mágoa, o medo e, finalmente, a derrota. Porém, o futuro dos que estão nas mãos de Deus não será frustrado, e os Dotados embarcam numa perigosa viagem para além do alcance do inferno, em direcção ao seu destino abençoado. 

Opinião
Depois do surpreendente e desconhecido A Carta Proibida e do desesperadamente ansiado O Mapa de Vidro, é chegado o momento de falar do último livro da saga dos Dotados. Foi uma aventura difícil de concretizar, bem mais do que eu poderia imaginar quando, acidentalmente, peguei no primeiro volume, sem ter ideia do que me estava a meter.

O problema de encontrar bons livros, com personagens apaixonantes, é o de chegar ao final da história e sentir uma saudade imensa, como se estivéssemos a despedir-nos de amigos de longa data que partem para lugares de onde não teremos notícias do seu futuro e de outras aventuras que poderão viver posteriormente.

É uma chatice mas é, também, um prazer imenso e cada vez mais raro. Desta vez, o grupo irá partir de Veneza em direcção ao seu destino final, o que irá permitir reunir todos os Dotados da profecia e enfrentar as várias frentes de inimigos que os cercam e os temem. Alguns por perceber o seu poder e a sua capacidade de destruir o Mal. Outros por recearem o desconhecido e a heresia que parecem encerrar em si e na sua forma diferente de encarar a palavra de Deus.

Assim, lutando contra os seus receios e combatendo as suas falhas pessoais, agarram a missão que lhes foi colocada no colo e seguem levando os ensinamentos de Cristo para as pessoas comuns e criando uma pequena revolução religiosa por onde passam. Vão curando corpo e alma, conforme os desejos de Deus se manifestam até estarem perante o Papa, que irá decidir se são hereges ou não. Se queimam na fogueira ou se são aceites com a sua fé invulgar.

É, de facto, uma história apaixonante, especialmente para alguém, como eu, sem grande talento para a fé e que nunca sentiu nenhum chamamento divino. O jeito como cada um se coloca ao serviço do seu Deus, para cumprir os seus desígnios e restaurar a fé nos Homens, é avassaladora. Claro, que existem momentos menos bons, com perdas, com dúvidas, até com revolta no coração. Contudo, juntos são imparáveis e nada os consegue afastar do seu caminho, do que acreditam ser a verdade.

Torna-se inspirador e remete-nos para aquele célebre provérbio popular que diz: Deus escreve direito por linhas tortas. É exactamente assim que as coisas acontecem ao longo desta saga até ao seu derradeiro momento. Gostei imenso deste enredo, adorei as personagens, a forma como todas elas são ricas e cheias de nuances, façam parte do bons ou dos maus da fita. Infelizmente, volto a referir, que os livros se encontram esgotados e não existe mais nada publicado em Portugal desta autora.

É uma pena que assim seja, pois tenho a certeza de que poderia voltar a ser um sucesso. Além de que fiquei com muita curiosidade para ler outras coisas de Lisa T. Bergren o que, neste momento e em português, será impossível acontecer. Será que alguma Editora irá voltar a olhar para a obra desta autora e apostar nela? E tu, o que achaste dos Dotados e da sua aventura pelos caminhos da fé? 

"Amava-a mas não procurava controlá-la, como tantos outros fariam. Apenas a queria em segurança. Deus sabia o que estava a fazer, entrelaçando os corações de ambos. Pois a presença de Daria, sem dúvida, exigia que Gianni, todos os dias, buscasse no seu coração o seu dom da fé, tal como a presença de Gianni a incentivava a ir aonde Deus conduzisse, sabendo que nunca estaria sozinha, nunca estaria sem guarda e, onde ele falhasse, Deus colmataria a lacuna."

Sem comentários:

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!