expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

quarta-feira, 7 de março de 2018

#Filmes - Barry Seal: Traficante Americano



Sinopse
Desde muito cedo que Barry Seal demonstrou uma destreza incomum para pilotar aviões. Tendo servido o exército entre 1961 e 1967, Seal foi trabalhar para a TWA (Trans World Airlines) como engenheiro de voo e, pouco depois, promovido a piloto. Depois de anos a colaborar como transportador aéreo de estupefacientes com um cartel de Medellín, uma rede colombiana de narcotráfico altamente organizada, é preso e condenado. É nessa altura que os seus serviços são recrutados pela CIA para realizar uma das mais secretas operações da história dos EUA.

Opinião
Em mais uma sessão de cinema, a escolha recaiu sobre um filme com uma excelente classificação e muito bem falado nas críticas. Depois de ter ido ver o fantástico Thor: Ragnarok, as expectativas estavam bem altas e a pessoa só tinha a intenção de continuar a maravilhar-se com mais uma excelente peça de arte cinematográfica. 

Antes de falar do filme propriamente dito, a ideia de colocar um Tom Cruise como protagonista de um filme onde aparece a pilotar aviões é uma coisa muito estranha. Porque a imagem deste homem em Top Gun ainda está muito vivida na nossa memória, uma imagem em que o homem ainda era um gato, nos idos anos 80. Em 2017 é só estranho. 

Agora falando da história, torna-se interessante perceber que esta pessoa existiu de facto e que, efectivamente, trilhou um caminho em direcção ao crime pelo desejo de obter uma vida melhor. É a prova de que, por vezes, os talentos podem ser uma maldição. Bem, para ser sincera, não acredito nada nisso. O que vemos são as consequências das más decisões de um homem, que o colocam nas posições mais inesperadas até para o próprio. 

E é assim que somos introduzidos aos cartéis sul americanos e as técnicas usadas para que as suas drogas sejam introduzidas nos Estados Unidos. O nosso protagonista começa a ter acesso a muito dinheiro e a dar nas vistas, o que culmina com a sua prisão. Poderia ter sido o fim da sua carreira no crime, só que não. A própria da CIA decide utilizar a posição de Seal para uma operação ultra secreta para a qual este continua a facturar. 

Ao mesmo tempo, continua a transportar droga nos seus aviões e a abrir empresas, atrás umas das outras, para poder lavar o dinheiro sujo que lhe salta por todos os compartimentos da casa. A história é contada pelo próprio que grava os seus relatos numa série de VHS, num tom ligeiro e que não prepara ninguém para o desfecho do filme. Confesso que estava à espera de um pouco mais, embora o filme tenha sido interessante e até divertido. 

Só esperava um pouco mais de desenvolvimento do final, que me pareceu muito pobre. É um bom filme que proporciona um bom momento, mas não penso que seja merecedor de uma ida ao Cinema e que seja favorecido pela tela gigante. Deixa o teu comentário sobre este filme. Viste? Gostaste? Ainda temos apaixonadas por Tom Cruise?  


4 comentários:

  1. Nunca vi este filme, mas Tom Cruise é Tom Cruise!!

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2018/03/what-to-buy-zara-edition.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  2. Não sou muito fã desse estilo de filme, mas são bem legais.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passa-se um bom serão na companhia deste filme ;)

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!