expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 27 de março de 2018

#Filmes - As Cinquenta Sombras de Grey



Sinopse
A estudante de literatura Anastasia Steele, de 21 anos, entrevista o jovem bilionário Christian Grey, como um favor à sua colega de quarto Kate Kavanagh. Ela vê nele um homem atraente e brilhante, e ele fica igualmente fascinado por ela. Embora seja sexualmente inexperiente, Anastasia mergulha de cabeça nessa relação e descobre os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objecto de submissão do enigmático Grey.

Opinião
E depois de darmos uma pequena volta pelo Terror, com Get Out, vamos curvar de forma acentuada e dedicar-nos ao Cinema pseudo-erótico. Eu sei que pode parecer inacreditável, mas nunca me tinha sentido curiosa quanto à trilogia que tanto deu que falar pelo mundo a fora. Não sou pessoa de ir atrás de modas e, com todo o alvoroço em torno dos livros e do filme, o meu interesse foi diminuindo exponencialmente.

No entanto, este ano, no dia dos Namorados, o filme passou na TVI e, apesar de estar no computador e ter a televisão apenas como som de fundo, dei por mim a ver efectivamente o tão polémico filme As Cinquenta Sombras de Grey. E quanto mais fui vendo, mais interessante me pareceu. Mais curiosa fiquei para saber o que acontece com um casal tão improvável.

O que é certo é que fiquei fascinada com este nosso protagonista. Christian Grey é misterioso, frio, autoritário, arrogante e lindo de morrer. Com uma presença forte e poderosa, emana segurança e convicção. Sem esquecer o pormenor de que é estupidamente rico. Uma combinação explosiva capaz de deixar qualquer mulher de cabeça à roda, certo?

Por outro lado, a doce Anastasia Steele é uma pessoa estranha. Uma mulher que chega aos 21 anos virgem e inexperiente e que se perde de amores por um homem tão invulgar e que a quer levar para todo um mundo novo de sexo, prazer, fantasias e onde os limites são continuamente testados. Aparentemente frágil e submissa, revela-se forte e incapaz de corresponder aos desejos de submissão do homem que deseja.

Sexualmente, o filme não contém nenhuma cena chocante, apenas um lado alternativo que não costuma estar presente nas histórias de amor que nos são contadas em Hollywood. Acredito, contudo, que a versão apresentada no filme esteja suavizada e que as descrições da história original sejam mais hardcore. Poupem-me os púdicos que parecem nunca ter visto mamas e rabos em filmes no cinema, porque não existe mais nada explícito neste filme.

A história vai-se desenrolando e quando se pensa que o enredo seguirá o caminho óbvio, surge uma reviravolta, no final do filme, que nos confunde e a mim deixou-me sem saber o que poderia acontecer a seguir. Sem querer entrar em campo minado por spoilers, é óbvio o que irá acontecer, a dúvida prende-se com os termos em que isso irá acontecer de facto.

Como tal, a minha curiosidade já não me deu tréguas e só descansou quando vi chegar a casa a versão em papel desta história. Que é como quem diz, só descansou quando tive nas mãos As Cinquenta Sombras de Grey, o livro. Portanto, muito em breve, iremos conversar sobre a trilogia que enlouqueceu o mundo, assim que tiver terminado esta leitura inesperada.



Temos fãs das Cinquenta Sombras por aqui? Deixa nos comentários o que achaste do filme e, já agora, se faço bem em ler os livros. Conto contigo? 

4 comentários:

  1. Eu gostei imenso de ler os livros. E no cinema, vi o primeiro e segundo filme. Ao contrário de algumas opiniões, eu gostei das versões em cinema. Ok, não são filmes de Óscares, claro que não, mas gosto da história e acho o Senhor Grey um charme de homem!
    Ainda não me mentalizei foi que não vi o último filme da saga e tão cedo, não sei quando é que vou ao cinema, por isso digamos que em relação ao último filme desta trilogia não posso emitir grandes opiniões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já tratei de comprar os livros para depois dar o meu parecer e comparar devidamente com a versão cinematográfica!
      A história é realmente interessante e vai muito para lá do sexo, que tanto choque causou nas mentes mais quadradas.
      Fico contente por encontrar fãs desta saga :)

      Eliminar
  2. Só vi o 1º filme ainda, mas li os livros. O segundo é aborrecidíssimo! É só sexo, sexo, sexo. E torna-se cansativo, porque é mais do mesmo e as descrições das cenas de sexo são muito repetitivas. Li puxado a ferros porque não gosto de deixar a meio. Acho que toda a história deles enquanto casal é interessante, mas podia facilmente ser compactada num só livro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, depois de ver o filmes, fiquei muito curiosa em saber mais e ler os livros.
      Agora já ando embrenhada na leitura e depois venho cá partilhar a minha opinião e quero ver se irás concordar comigo ;)

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!