expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 11 de outubro de 2016

A Ira de Teresa Guilherme



Que os reality shows são o meu guilty pleasure já não é novidade para ninguém. Sou consumidora deste tipo de programas desde o início, desde o primeiro Big Brother. Claro que o factor novidade tem vindo a diminuir e o factor autenticidade já nem se sabe o que é. Como se costuma dizer, não há amor como o primeiro, não é mesmo?

Falar de reality shows em Portugal sem falar em Teresa Guilherme não faz qualquer sentido. Ela é a verdadeira apresentadora do formato e encaixa que nem uma luva no género. Sabe conduzir uma gala como ninguém e faz vir ao de cima o melhor (ou pior) que cada concorrente pode dar. 

Admiro-lhe o trabalho exaustivo que tem a preparar cada trocadilho e a escolher os temas mais importantes a abordar em cada programa em que dá a cara. Sou sua fã e gosto da forma como lida com os concorrentes na maioria das vezes. Acho-a uma mulher inteligente e que chegou onde chegou pelo trabalho que desempenhou ao longo dos anos e por ter provado o seu valor em todas os projectos que abraçou. 

Nunca foi uma cara bonita da nossa televisão, bem pelo contrário. Mas o que lhe falta em beleza, sobra-lhe em espírito e inteligência. E estas são características que admiro em toda e qualquer pessoa, seja qual for a sua área profissional. 



Contudo, Teresa Guilherme tem, como todos os mortais, os seus defeitos. E um dos que mais me encanitam é a sua falta de poder de encaixe perante concorrentes inteligentes e que não se calam e baixam a cabeça perante si. A sensação que tenho é que as suas preferências vão sempre para os mais "burrinhos" e para os engraçadinhos. 

A cena a que assistimos entre Teresa Guilherme e a Helena foi lamentável. Aliás, a própria discussão onde se esmiuçou a lavagem das cuecas da rapariga é de bradar aos céus. Foi humilhante a forma como se tratou o assunto e compreendo que a própria não se tenha sentido feliz e contente com isso. Além de que a forma como a Teresa falou com a Helena foi arrogante e pouco compreensiva. Atitudes que deram tanto que falar nas redes sociais. 

É que existe um fenómeno que permanece inalterado por muito que se fale nele. Ninguém gosta da Casa dos Segredos. Ninguém vê a Casa dos Segredos. Mas toda a gente tem algo a dizer na hora de criticar os concorrentes ou a apresentadora. Pela parte que me toca, quando não acompanho um programa ou quando não gosto nada dele, não me dou ao trabalho de comentar o mesmo. Simplesmente, mudo de canal. 

Outro clássico dos reality shows são as ameaças de sair. Acho que actualmente não deve haver dia em que não haja uma alminha a dizer que se quer ir embora. Mas sair que é bom, está quieto. Ganham uns breves momentos de protagonismo e depois voltam às suas vidinhas na casa mais vigiada do país. 

Foi essa a promessa da Helena. Queria porque queria sair. E eu até entendo os motivos desta sua vontade e percebo que estava de cabeça quente quando o disse. Mas irrita-me que, como sempre, se volte atrás com a palavra dada. É verdade que tenho gostado que lá tenha continuado e que ela faz metade do programa. É uma concorrente inteligente, culta e com um grande poder de encaixe que está a virar a seu favor todas as adversidades e a fazer dos seus inimigos a sua força. Contudo, não posso deixar de ficar desiludida por ter cedido. 

Enfim, não se pode ter tudo. As polémicas são feias mas são o que alimentam este tipo de programa. São o que lhe dá cor e textura e que nos permitem observar o comportamento humano. Porque para politicamente correctos já basta a realidade do que nos rodeia. Será que a própria Teresa Guilherme, ao ir contra a Helena, vai contribuir para a tornar a vencedora desta Casa dos Segredos?  

2 comentários:

  1. Acompanhei estes reality shows até à Casa 6. Foi a última que vi. A última Quinta que deu já não acompanhei, os vários Love On Top nem soube os nomes dos concorrentes... e esta já Casa já não me tentou. Desisti. Já começa a enjoar. Tem vindo a tornar-se cada vez mais degradante ao longo dos anos e com tanta coisa boa para ver, desisti de perder o meu tempo com isso. Não sei quem é a Helena, nem tenho conhecimento dessa cena de que falas. Nem vi qualquer comentário sobre isso nas redes sociais, até agora. Mas tenho que concordar contigo quando dizes que a Teresa prefere os burrinhos e engraçadinhos. E os que a idolatram e se calam perante ela. Ao contrário de ti, não sou nada fã da mulher, os trocadilhos dela irritam-me e toda a sua postura e atitude me mete nojo. Acha-se a rainha e gosta de inferiorizar os concorrentes e até familiares. Além de que só quer é ver sexo, porrada e polémica nos programas. Acho que lhe falta carácter. Só porque tem nome na TV portuguesa e já faz estes programas há anos, acha-se a maior. Esquece-se é que isso não lhe dá o direito de humilhar ninguém. É ridícula.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu percebo que o formato está muito desgastado e compreendo a tua opinião. Contudo, ainda fico curiosa e vou espreitando pelo menos aos Domingos. :D

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!