quinta-feira, 5 de novembro de 2015

#Livros - Wishlist Lançamentos



Depois do livro fantástico que vos trouxe na semana passada e de, logo no início desta semana, ter começado por falar no que faz parte da minha wishlist, onde os livros são presença assídua, fiquei com vontade de lhes juntar mais alguns que me têm tirado o sono pelo simples facto de ainda não viverem em minha casa. Se a isto juntarmos a gripe que não me larga a perna, podem imaginar como só uns presentes, destes que se leem, me podem animar a alma e o espírito.
Nesta lista poderão encontrar os mais recentes lançamentos de alguns dos meus autores favoritos, e dos quais já aqui falei no blog, mas também autores que ainda são um mistério para mim e que gostaria de descobrir. Vamos aos livros, então!
Pode uma ideia mudar o mundo?

O século XX nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo. Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias.

Inspirando-se em figuras históricas como Salazar e Mao Tse-tung, o novo romance de José Rodrigues dos Santos conduz o leitor numa viagem arrebatadora que nos leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo o que faz de As Flores de Lótus uma das mais ambiciosas obras da literatura portuguesa contemporânea.
Em 1939, quando a Polónia capitula sob o jugo dos nazis, os pais da jovem Alma Belasco enviam-na para casa dos tios, uma opulenta mansão em São Francisco. Aí, Alma conhece Ichimei Fukuda, o filho do jardineiro japonês da casa. Entre os dois brota um romance ingénuo, mas os jovens amantes são forçados a separar-se quando, na sequência do ataque a Pearl Harbor, Ichimei e a família – como milhares de outros nipo-americanos – são declarados inimigos e enviados para campos de internamento. Alma e Ichimei voltarão a encontrar-se ao longo dos anos, mas o seu amor permanece condenado aos olhos do mundo.

Décadas mais tarde, Alma prepara-se para se despedir de uma vida emocionante. Instala-se na Lark House, um excêntrico lar de idosos, onde conhece Irina Bazili, uma jovem funcionária com um passado igualmente turbulento. Irina torna-se amiga do neto de Alma, Seth, e juntos irão descobrir a verdade sobre uma paixão extraordinária que perdurou por quase setenta anos.

Em O amante japonês, Isabel Allende regressa ao estilo que tanto entusiasma o seu público, relatando de forma soberba uma história de amor que sobrevive às rugas do tempo e atravessa gerações e continentes.
Colin Hancock é jovem mas já viveu mais violência e abandono do que a maioria das pessoas. Foi perante o abismo que tomou a corajosa decisão de começar de novo. Agora, o emprego num restaurante da moda pode não o satisfazer, mas o sonho de se tornar professor parece cada vez mais perto de se concretizar. Dar às crianças o carinho e a atenção que ele próprio não teve é o seu grande e único objetivo… mesmo que o preço a pagar seja a solidão.

Maria Sanchez também deseja, acima de tudo, uma vida calma. Filha de imigrantes mexicanos, aprendeu desde cedo o valor do trabalho árduo, da ética e da lealdade. Para ela, bastam-lhe o emprego num prestigiado escritório de advogados e uma noite tranquila em casa para repôr as energias. Nem a insistência da sua irmã surte efeito. Com uma profissão tão arriscada, Maria aprecia a segurança que o isolamento lhe dá.

Colin e Maria não foram feitos um para o outro. Ele representa tudo aquilo que ela despreza, é o típico meliante que ela está habituada a ver atrás das grades. E quando se cruzam numa noite de tempestade, o fosso que os separa é profundo e evidente. Mas, a partir desse momento fortuito, as suas vidas não voltarão a ser as mesmas.

Conseguirão eles ver para além das aparências? Ler nos olhos do outro o que de mais profundo lhe vai na alma? Ceder à persistente memória daquela noite?
Nesta idade da informação, e por força da introdução de uma série de novas soluções tecnológicas, das quais podemos destacar a Internet, a TV por cabo e os aparelhos móveis, o comportamento do consumidor sofreu uma série de alterações. Assim, se por um lado aumentou a resistência à interrupção da abordagem comercial tradicional, por outro o consumidor passou a ter acesso a um oceano de informação na ponta dos seus dedos, em qualquer lugar e em qualquer altura. Esse fenómeno tem aumentado a sofisticação do mercado, tornando cada cliente num mini-especialista.

Se o comportamento do consumidor mudou, o comportamento das empresas e dos comerciais vai ter de adaptar-se.

Depois de escrever O Livro Secreto das Vendas, que rapidamente se tornou o livro de vendas mais vendido de sempre em Portugal e onde desvendou o mapa mental dos super-comerciais, Paulo de Vilhena escreve agora Tudo o que Aprendeu Sobre Vendas Está Errado, em que rompe com os paradigmas fundamentais das vendas e sugere uma abordagem vanguardista à actividade comercial.

Esta é uma obra que não pode deixar de ler!
Ele tinha por missão matar…
Mas acabou por mudar o rumo da História.

Nas vésperas da Primeira Guerra Mundial, a Inglaterra prepara a defesa contra o Império Alemão. Ambos os oponentes precisam de se aliar à Rússia. O príncipe Orlof, sobrinho do czar Nicolau II, viaja para Londres, onde se encontra com Lorde Walden, casado com a sua tia Lydia. O anarquista russo Kschessinky segue-lhe no encalço. Nesta intrincada trama de interesses pessoais e políticos, ninguém prevê que Lydia reconheça Kschessinky, colocando em perigo a vida da sua filha Charlotte. Estas personagens jogam com o destino da Europa na antecâmara de um dos mais devastadores conflitos de sempre. Mais um romance empolgante de Ken Follett.

2 comentários:

  1. Fiquei curiosa com o livro do Nicholas Saprks! =)
    Beijinhos

    eyeliner-and-red-lips.blogspot.com

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...