expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Je suis Charlie






O terrorismo voltou a atacar a Europa. Nada que seja novo, mas o choque que causa em todos nós é sempre como se fosse a primeira vez e remete-nos para aquela manhã de Setembro em Nova Iorque quando assistimos ao impossível. 

Desta vez, a França foi atingida e, principalmente, a liberdade. A liberdade de todos nós de manifestarmos opiniões livremente. Para todos os iluminados que acham que aquele jornal passou dos limites e provocou os extremistas, relembro que nada é motivo para se tirar vidas. Nada. 

Deveríamos estar todos preocupados com o facto de amanhã podermos ser nós as vítimas deste tipo de vingança, devido a qualquer comentário ou brincadeira que tornemos público. E nessa altura, haverá certamente algum Chico esperto que irá dizer que estávamos mesmo a pedí-las. 

Quem serão as próximas vítimas do terrorismo? E seremos capazes de prevenir em vez de remediar? Só o tempo o dirá... 

2 comentários:

  1. Alguem já fez essa observação do estar a pedir. Quite sad. A liberdade é de todos não deveria ser negada nem temida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até porque colocar as coisas nesses termos vai levar a que, quando alguém disser algo que me ofenda ou vá contra o que eu acredito, isso me dê legitimidade de matar essa pessoa. Enfim, ridículo.

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!