expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

A Casa dos Espíritos, de Isabel Allende



Sinopse
Nesta sua surpreendente obra de estreia, Isabel Allende constrói um universo repleto de espíritos, de personagens multifacetadas e humanas, entre elas Esteban Trueba, o patriarca, que vive obcecado pela terra e pela paixão absoluta pela esposa, que ele sente sempre para lá do seu alcance.

Clara é a matriarca esquiva e misteriosa, dotada de poderes sobrenaturais, que prediz as tragédias da família e estabelece o destino da casa e dos Trueba. Blanca, a sua filha suave e rebelde, nutre um amor pelo filho do capataz do seu pai, o que provoca o desprezo de Esteban, mesmo quando deste amor nasce a neta que ele adora: Alba, uma beleza luminosa e uma mulher ardente e voluntariosa.
As paixões da família Trueba, as suas lutas e segredos desenvolvem-se ao longo de três gerações e de um século de violentas mudanças. Num contexto de revolução e contrarrevolução, a autora dá vida a uma família unida por laços de amor e ódio mais complexos e duradouros que as lealdades políticas que a poderiam separar.


Opinião
Como prometido aqui, este fim de semana foi dedicado ao primeiro livro de Isabel Allende. Como era possível que, depois de ter lido tantas obras suas, inclusive o Retrato a Sépia e Filha da Fortuna, ainda não tivesse lido o grande sucesso que foi o seu primeiro romance? Ainda para mais quando foi esta obra que a tornou a primeira mulher sul americana com lugar de destaque na literatura, coisa que causou uma surpresa geral, na época. Que, ainda por cima, foi adaptado ao cinema com um filme repleto de actores brilhantes.

Posto isto, acho que não eram precisos mais motivos para querer desesperadamente ler este livro. E assim foi. Sábado à noite, desliguei o computador e passei as longas horas que se seguiram a devorar as páginas. A hora mudou e eu permaneci agarrada ao livro que teimava em não chegar ao fim. O cansaço ganhou e tive de dormir, pois os olhos já não se aguentavam. Mas assim que acordei, nem saí da cama. Agarrei logo no livro que ficou ao meu lado, e voltei ao lugar onde parei.

Só posso dizer que é uma história fantástica, como são todas as que conta. Com personagens fortes, cheias de defeitos e qualidades. Nada é perfeito, nas suas tramas. E o mundo de fantasia que descreve de uma forma única tornou-se a sua imagem de marca ao longo dos anos. É daqueles livros que nos deixam tristes quando chegamos à última página. Queremos saber o final e, ao mesmo tempo, queremos segurar aquelas pessoas mais tempo, saber mais, continuar ligados a elas.

Caso andem à procura de um bom livro para vos fazer companhia, podem escolher qualquer um desta autora. Mas aconselho vivamente começarem por este em particular. Não se vão decepcionar, tenho a certeza.

Podem encomendar o vosso exemplar aqui, com portes de envio gratuitos.

Sem comentários:

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!