expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Loja Colaborativa - Como funciona?



Já referi por estas paragens, diversas vezes, o meu desejo de abrir o meu próprio negócio e, com isso, criar o meu posto de trabalho. A última vez que o referi, penso que foi aqui e, desde essa altura até agora, a minha vontade de o fazer só tem crescido.
Como passei 90% da minha vida profissional ligada à vertente comercial, é por aí que sinto que posso fazer a diferença. Só que não quero fazer a diferença apenas na minha vida. Gostava de poder contribuir, com este meu projecto, para a divulgação e para o aumento das vendas de muitas pessoas que, com a crise, se dedicaram à criação de objectos e/ou produtos únicos e especiais. Foi assim que surgiu na minha mente a ideia de uma Loja Colaborativa.
Então, mas o que é uma Loja Colaborativa? Como funciona, afinal?
Trata-se de uma loja composta por espaços diversificados (como cubos, prateleiras, expositores, etc.) que funcionam como mini-lojas no seu interior. Os espaços podem ser alugados por artesãos, designers, estilistas e toda e qualquer pessoa que queira mostrar, promover e vender os seus produtos de uma forma mais acessível.


Fotos de uma Loja Colaborativa Brasileira
Este conceito proporciona ganhos, tanto para o dono da loja que arrenda os espaços, como aos autores que passam a dispor de um ponto de venda, em espaço físico, por uma renda mensal, sem ter os custos inerentes a uma loja aberta ao público.
Além disso, os clientes da loja também ficam beneficiados pelos preços competitivos que podem encontrar e pela diversidade de produtos que a loja oferece. Podem ainda ficar a conhecer marcas que só têm presença online e, assim, comprar os seus produtos de forma presencial.
Cada autor tem a possibilidade de decorar e arrumar o espaço alugado ao seu gosto. À loja compete toda a burocracia, gestão, divulgação, comercialização e manutenção do espaço.
Caso um autor não consiga vendas, em determinado período de tempo, que permitam cobrir o valor do aluguer mensal do seu espaço, deverá dar lugar a outro autor. Assim se garante uma renovação do espaço e uma selecção natural dos produtos mais vendáveis. No entanto, é possível a um autor voltar a vender na loja, se existirem espaços disponíveis, para testar outro produto ou criação.
Em seguida, irão encontrar um formulário que gostaria que fosse preenchido pelos criadores e autores para que eu possa perceber a vossa opinião acerca das Lojas Colaborativas e do seu modo de funcionamento.

Agradeço, desde já, a vossa disponibilidade em o fazer e só peço que respondam com sinceridade. Caso conheçam alguém que poderia ter interesse em responder, partilhem por favor. Partilhem muito, porque quanto mais respostas, melhor!




Se o formulário não aparecer, podem preencher aqui.
O que acharam da ideia da Loja Colaborativa? Se não te enquadras entre os criativos, podes deixar também a tua opinião nos comentários a este post! :)

2 comentários:

  1. Só li este post agora, mais de 1 ano depois mas adorei a ideia! Sempre foste para a frente com isso? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não avancei com a ideia, mas também não desisti dela. Continuo a procurar torná-la realidade, com calma, mas com persistência :)

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!