expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Aprendi que...



Neste último ano, aprendi muitas coisas novas. Esta mudança de Norte para Sul fez toda uma diferença na minha vida. Como já aqui referi algumas vezes, tive oportunidade de conhecer pessoas muito especiais, tanto no novo trabalho, como no curso. Acredito ter sido este o ponto forte e que faz com que não me arrependa desta mudança repentina. Isso, e passar a estar mais perto do paizinho, claro.

No entanto, com este curso, passei a conhecer coisas incríveis. Ao contrário do que seria de esperar, não estão relacionadas com o Turismo. Aliás, para falar a verdade, dessa área aprendi muito pouco, no meu entender. Contudo, descobri que tenho competências impensáveis e ganhei gostos improváveis.

A pessoa aqui, que sempre detestou números, passou com destinção em todos os módulos referentes a essa área. Desde os Princípios Básicos de Contabilidade, passando pela Análise Financeira e terminando na Actividade Económica. Quem diria que os meus módulos favoritos seriam, todos eles, sobre estes temas? Eu não o diria, com toda a certeza. Com tudo isto, chego mesmo a pensar que, soubesse eu deste meu talento escondido, ao invés do Turismo, teria ido para um curso qualquer de Contabilidade.

Depois, a surpresa do gosto desperto. Aqui a mulher da cidade, que do campo só tinha a casinha e o gosto pela calma e pelo sossego, descobre assim, num repente, que a Agricultura poderá ser a parte mais viável deste curso. É que para arranjar emprego como Técnico de Turismo, estamos em desvantagem quanto a outros cursos, como os superiores, onde as pessoas ficam com muito mais habilitações e competências do que nós, durante este ano e meio. E para agricultores, e uma vez que terreno até tenho algum, estas poderão ser as bases para começar um pequeno negócio que pode ser economicamente sustentável.

Resumindo, em apenas um ano, descobri coisas incríveis a meu respeito...

5 comentários:

  1. Foi uma mudança revolucionária. Acredito que tenhas ponderado muito, mas após um ano, percebes que foi o melhor a fazer. Às vezes é preciso mesmo mudar para nos redescobrirmos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, por vezes, é preciso mesmo mudar para descobrir coisas novas sobre o mundo e sobre nós.

      Eliminar
  2. O meu ano também tem sido um ano de revelações, mas no meu caso ainda não descobri o que eu quero ou estou bem a fazer...
    Mas estou desejosa este ano que vem tirar um curso EFA, acabar o 12º e descobrir "o que quero ser quando for grande".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa sorte para o curso!
      Como andam a restruturar esse tipo de cursos de longa duração, espero que tenhas a sorte de apanhar o novo modelo e que esse seja melhor e mais eficaz do que o actual.

      Eliminar
    2. Espero bem que sim, estou mesmo a precisar...

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!