expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Desafio de Escrita dos Pássaros #10 - Já chegamos? Já chegamos?


Desafio de Escrita dos Pássaros #10 - Já chegamos? Já chegamos?


Já chegamos? Já chegamos?

Memórias que todos partilhamos de viagens intermináveis, no banco de trás do carro do pai, onde o destino não era assim tão importante, porque a diversão acontecia no trajecto. Ainda que infernizássemos a vida dos adultos com este «já chegamos?», repetido até à exaustão, o melhor acontecia enquanto inventávamos jogos para passar o tempo ou brincadeiras parvas com coisa nenhuma que não a fértil imaginação das crianças que fomos.

Talvez esta seja a metáfora perfeita para as nossas vidas. Afinal, mais importante do que o destino é o caminho que percorremos para lá chegar. É nessa viagem que crescemos, aprendemos e nos tornamos em pessoas melhores. Isto, claro, quando percebemos e aceitamos essa verdade.

É evidente que alcançar os sonhos e objectivos é fantástico e provoca uma sensação de realização e nos faz sentir o sabor do sucesso. No entanto, quanto mais longa e difícil for a jornada, melhor será esse sabor, maior o prazer obtido.

Assim sendo, só me resta dizer-te para aproveitares a viagem da vida, saboreando cada momento com a consciência da sua unicidade, e retirando o máximo de proveito desta jornada tumultuosa mas divertida que é viver. E se ainda não tens filhos, aproveita enquanto podes porque não irás escapar ao clássico «já chegamos?», podes ter a certeza.


Vê tudo na Apresentação Desafio dos Pássaros

8 comentários:

  1. Aahah! Verdade! É um "clássico"! E eu até já me tinha esquecido dele! Coitados dos meus pais! Eu e a minha irmã, à vez, bem que os massacramos com o Já chegámos, ahahah!Por acaso eles até haviam de gostar de ler este Desafio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente que lhes iria trazer à tona memórias antigas e até irritantes :p

      Eliminar
  2. Esta é a verdade da vida.
    Todos sabemos qual será o nosso fim. Por isso o que fica depois do fim é naturalmente o caminho e as pegadas que deixamos nas veredas tortuosas.
    Grande texto.
    Boa semana.

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário. Terei todo o gosto em responder muito em breve.
*Não esquecer de marcar a caixinha para receber notificação quando a resposta ficar disponível.
Até breve!