expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Subscreve a Newsletter Semanal

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Bershka - Desconto em malhas


Eu sei que o calor tem vindo para ficar, até ver, e que quando vos falo em malhas a pessoa até bate na madeira, não vá atrair o frio do qual temos fugido com tanta habilidade nos últimos dias. Este Outono tem sido mais quente que alguns dias (noites nem se fala) do Verão que já foi à vidinha. Mas é preciso ser realista. Não estão à espera de chegar ao Natal de manga curta e chinelo de dedo, pois não? Isso é lá para os lados do Brasil. Aqui, certamente, teremos frio e por isso é preciso estarmos preparados.

A Bershka, que é uma marca porreira, pensou em nós e decidiu colocar um desconto de 40% em malhas seleccionadas. Vá, não sejam ingénuos. Eles não estão nada simpáticos. Simplesmente devem estar com sérios problemas para vender a nova colecção de Outono/Inverno e, como tal, vêm-nos aliciar com este desconto para ver se abrimos os cordões à bolsa. E como somos espertos iremos utilizar este desconto a nosso favor e aproveitar para comprar aquela camisola ou aquele casaco que nos está a faltar no guarda roupa.

Aqui vos deixo o que me ficou debaixo de olho.


Estas e outras aqui.

domingo, 26 de outubro de 2014

Avon Gel Finish - Blue vendetta


Esta, como puderam entrever no post da Figueira da Foz, foi a escolha para as minhas unhas. Estive indecisa e ainda ponderei levar um clássico vermelho. Mas como recebi a minha encomenda Avon na semana da Gala, rendi-me a este azul.
 
 
 Faz parte da nova gama de vernizes da Avon, que tem um acabamento tipo gel. Já tinha experimentado outro tom e gostei bastante do comportamento do verniz. E este também não desiludiu. Com duas camadas fica com uma cor uniforme e super brilhante. E em termos de duração também não é mau, porque nas minhas mãos desajeitadas consegue aguentar quase uma semana. Nada mau, para os meus parâmetros.
 
 
Avon Gel Finish
Blue Vendetta

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Para os esquecidos ou não


Esta minha caixa de e-mails é, indubitavelmente, uma caixinha de surpresas. Naqueles momentos, em que as ideias e a inspiração está escassa e arredia, é quando surge um mail que me desperta a atenção e me fica debaixo de olho. Hoje, foi o caso.

Então, para aquela malta que tem um pequeno grande problema de memória e para quem as datas a recordar são um verdadeiro martírio, coisa que nem uma grande dose de Memofante resolve, encontrei um calendário para lá de giro. É em ardósia, pode ser colocado na parede e na virada de cada mês é só preciso apagar e começar de novo.
 
Além de ser útil, como peça de decoração fica muito interessante, sobretudo, em escritórios. Por isso, ainda que não tenham problemas de memória, basta terem uma parede vazia a precisar de qualquer coisa em cima para ficar mais dinâmica, esta é a escolha.

Calendário de ardósia em vinil: não esqueça aniversários!

Podem encontrar na LetsBonus. 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Já a pensar no fim de semana

Sim, eu sei que ainda hoje é quinta-feira e o tão esperado e desejado fim de semana se fará de difícil um pouco mais. No entanto, agora que o tenho nas mãos, não consigo resistir e preciso partilhar com vocês.
 
Já é antiga esta edição, mas cumprirá o seu propósito. Principalmente, porque me foi emprestado por uma amiga do coração, acompanhado pelas melhores recomendações. É desta que vou ler o grande êxito de Isabel Allende, A Casa dos Espíritos. É uma grande falha, eu sei. Mas este deve ser dos poucos que não veio ter a minha casa. Agora o problema está resolvido, e já só conto os minutos para ter tempo para ele! É que o filme já cá mora, e será o programa que se segue. :)
 
 
 

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

A nova cara da Renée


Devo dizer, antes de mais nada, que a minha alma ainda está parva com estas imagens. Melhor dizendo, com a diferença abismal entre as duas fotografias da mesma pessoa. A mesma pessoa que em cada foto parece outra distinta. Como é possível permitir tal coisa?
Compreendo que o objectivo das cirurgias plásticas é manter a beleza e juventude por mais tempo ou, simplesmente, corrigir aquilo que não gostamos em nós próprias, mas que é o que nos calhou na rifa, e tornar esse mesmo pormenor mais de acordo com o que gostamos ou preferimos ver em nós. Agora, não me peçam para compreender que as ditas cirurgias plásticas alterem uma pessoa ao ponto de a transformar noutra qualquer que não ela. Alterar ao ponto de perdermos os nossos traços próprios e que nos identificam é coisa que não me cabe na cabeça.
Ah, a menos que fosse essa a ideia! Já percebi tudo, meus amigos! É que só pode... A famosa Renée Zellweger cansou-se de ser famosa e quis trocar de cara para passar despercebida e voltar a ser uma cidadã anónima. Bem, se calhar não, afinal foi a uma gala identificando-se e associando, assim, a sua nova cara ao seu nome. Ah, já sei! A rapariga se calhar anda a fugir à polícia, por qualquer crime que cometeu, e decidiu recorrer a uma plástica, daquelas que se via nos filmes antigos e que achávamos obra de ficção científica, lembram-se? Quer dizer, pelo mesmo motivo que me lembrei anteriormente, isto também não faz sentido. Pronto, está decidido. Não existe, a meu ver, razão plausível para tal coisinha... 

 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Herdade do Moinho Novo


Esta visita à Herdade do Moinho Novo foi para lá de espectacular. É que vocês nem imaginam a surpresa que é, depois dos quilómetros para chegar a Canha, encontrar um cantinho tão parecido com o paraíso. Aquilo é bonito, calmo e com um charme como poucas vezes tenho visto.

A simpatia do proprietário, o senhor José Carlos, bem como a forma simples, despretensiosa e acessível como nos recebeu deixou muita vontade de lá regressar. Mas da próxima vez, terá de ser como cliente, para desfrutar destas instalações maravilhosas, da beleza natural envolvente e de todas as actividades agrícolas e de contacto com a natureza que é possível vivenciar aqui.

De destacar o espírito empreendedor deste empresário que não baixa os braços e continua a inovar e procurar novas formas de chegar às pessoas. Só para terem uma pequena noção, este projecto começou como exploração agrícola apenas e ao longo dos anos foram aumentando as vertentes aqui abrangidas. Neste momento têm um hotel para cães, organizam eventos na Herdade e, claro, o hotel rural. Tudo cinco estrelas. Só me resta dizer que vale bem a pena a visita.





domingo, 19 de outubro de 2014

À porta é isto #9

Na Figueira da Foz

 
E, finalmente, chegou o grande dia. A tão esperada gala foi na Sexta-feira e, na noite anterior, ainda rumei com as meninas ao shopping mais próximo para ultimar os pormenores. Mantive-me longe da Mango e, por isso, acabei por me decidir pelo vestido que já tinha cá por casa. Um vestido curto e preto, com alguns pormenores marcantes, como a faixa de lantejoulas e as franjas.
 
 
 
 
Os sapatos já estavam escolhidos desde o início.
Lembro-me que já falei deles aqui, quando os comprei.
 
,
 
Esta foi uma compra de última hora e que não estava prevista. Tinha várias clutchs em casa que seriam apropriadas, mas quando os meus olhos bateram nesta menina na New Yorker, não resisti! E o preço (9,90€) era convidativo.
 
 
A pulseira já tinha, foi prenda de aniversário da minha melhor amiga de todo o sempre e era perfeita para a ocasião. O colar comprei na H&M, por 9,90€, e pareceu-me uma escolha segura e que irei utilizar noutros looks.  
 
 
Depois da Gala no Casino da Figueira, a noite continuou logo ali ao lado no NB Club da Figueira, com um grupo bem animado.
 
 
Por fim, chegou a hora do merecido descanso no Hotel Wellington. E que bem que soube!
O Hotel é muito elegante e todos os funcionários que encontrámos com uma simpatia e profissionalismo acima da média. Recomendo com toda a certeza.
 
 
No final da noite e também no dia seguinte, foram estes os meus melhores amigos. Os meus pés estavam num estado que nem podem imaginar.
Para terminar, a Figueira da Foz é uma cidade lindíssima. Adorei a visita e só tive pena de não poder ficar e ver mais coisas. Mas será um destino a considerar num futuro próximo.  

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

A saloia também pode ser sexy


E aqui se constata o quanto está ultrapassada aquela história das saloias, que é como quem diz, as meninas que não foram nascidas e criadas nas grandes cidades, serem umas labregas, sem sentido estético quanto mais sensualidade. Seriam vulgares, quanto muito. Cristina Ferreira, sobretudo, nos últimos anos, tem destruído esta ideia pequena que ainda vivia em algumas mentalidades mais teimosas. Pelo menos, eu quero acreditar que assim tem sido. Porque, goste-se ou não do seu estilo enquanto profissional de televisão, não lhe podemos negar a evolução e o relevo que tem ganho, mais do que merecido. Afinal de contas, é bonita e tem o corpo de uma mulher normal - quero com isto dizer, que não a considero a mais perfeita, o que a aproxima de todas nós, mulheres com imperfeições. E, ainda assim, com todas as imperfeições que possa ter, com toda as desvantagens que possa ter em relação a outras mulheres da nossa praça, tem sido eleita como a mais sexy deste país. Só comprova o que todas já devíamos saber. Ser sexy não tem a ver com o número de roupa que se veste. É tudo uma questão de atitude e confiança. E isso ela tem de sobra.

fotografia-5
fotografia-4

segunda-feira, 13 de outubro de 2014


Olá bom dia!

Já estamos outra vez na Segunda feira. O fim de semana passou num ápice e estava a precisar que fosse Sábado novamente. Mas como não será possível, cá estamos a começar mais uma semana de trabalho e aulas. Vamos com tudo, que, pelo menos, esta será mais curta aqui para os meus lados! 

Boa semana, pessoas! 


 

domingo, 12 de outubro de 2014

Mais vestidos


No seguimento deste post, continua a minha saga na procura do vestido perfeito. Podem-me dar os parabéns porque ainda estou a conseguir resistir à tentação e tenho fugido de shoppings. Mas a Internet é um problema... Ou melhor, esta mania que as marcas têm de colocar as suas colecções na sua loja online. Mais ideias que me dançam à frente dos olhos.

 
 
 
 
Na H&M.